Curiosidade sobre os metais – o mais abundante e o mais raro

O metal mais abundante na crosta terrestre é o Alumínio (foto), um material leve e resistente. A Minas Metal o utiliza para diversas finalidades porque, além de ser leve, é muito resistente e não oxida.

Já o metal mais raro do mundo é o Antimônio, elemento que tem monopólio da China e está listado entre aqueles com risco de extinção.

Aliás, 97% de todos os metais raros do planeta, como o neodímio, o estíbio e o escândio são produzidos na China.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *